• Beatriz

Continuação


Depois de desfazer todo o corpo que tinha tecido com a lã tingida a mão de Mr. Wool que comprei no trunk show, já não sabia mais o que fazer. Nessa altura já estávamos na metade do verão aqui no Chile e decidi buscar opções mais fresquinhas de fios - comprei acrilicos, bambú, algodão outra vez... e nada. Não rolava.

Até que por fim lembrei de uma lã que tinha comprado para um projeto e se tinha convertido em um objeto-não-terminado desses que ficam aí jogados no fundo do armário dentro de uma sacola e acabamos esquecendo. Desarmei as poucas carreiras que tinha feito, enrolei tudo bonitinho, me medi para calcular o meu tamanho (umas 5x para ter certeza), fiz a amostra e.... voilà! Finalmente saiu meu tão desejado Tegna. Amor eterno, amor verdadeiro!

E vocês? Já tiveram algum projeto que custou muito para sair?

Beijos!


  • Beatriz

Continuação

Passou um tempinho e eu continuava apaixonada pelo Tegna. Perto do natal do ano passado fui a um trunk show aqui em Santiago de dois indie dyers chilenos (@chileknits e @misterwool) e me dei de presente alguns novelos de lã. Comprei dois da mesma cor para ter metragem suficiente e,, sem parar para avaliar nada, montei os pontos na agulha. Dessa vez ia funcionar! Lã boa, de merino italiano, tingida em tons de azul, bege e marrom, não tinha como dar errado. Mas deu e foi por uma comida de mosca tão boba que dá até vergonha contar. Normalmente meu manequin é PP, principalmente na parte superior, então foi esse o tamanho que escolhi. Sem amostra e sem calcular o tamanho adequado para mim tricotei todo o corpo, decote, costas e costurei. Na hora de experimentar foi aquela decepção - tava super justo! E o modelo é para ser larguinho, curto. Não podia acreditar, outra vez não ia sair meu Tegna! Que frustração.


Como eu já tinha cortado a lã em varios pedaços a metragem ficava muito perto do limite para o tamanho correto para mim. E, quem tricota sabe, se a lã que você tá usando é dificil (ou no caso impossível) de conseguir outro novelo a lei é que vai faltar lã.

Frustrada, decidi esperar e procurar com calma o fio ideal para fazer este casaco...

Continua...


  • Beatriz

Olá! Esta semana estou correndo para terminar o xale do KAL Washed Out da designer argentina Joji Locatelli. Para quem não conhece um KAL é a abreviação de Knit Along, que significa tricotar juntos. Várias pessoas de diversas partes do mundo tricotam a mesma peça num período determinado de tempo e compartilham suas experiências, dificuldades e dicas em algum forum ou grupo (tipo Facebook ou Ravelry). Já participei de alguns através do Ravelry e foram todos muito divertidos. O tempo passa voando e quando você se dá conta já quase terminou um projeto imenso! Não sei se acontece com vocês, mas eu me desanimo quando vejo que a receita é muito grande e vou demorar muito... Me ajuda ter um prazo e, principalmente, pessoas com quem compartilhar meus avanços e minhas dúvidas.


Este KAL está organizado por 4 tricoteiras (Ayus @lesjardinsdejuliette, Alejandra @purahilados, Connie @chileknitz e @miss_kits) e dura até o final de junho. E, como se a diversão já não fosse suficiente quem conseguir terminar a tempo entra num sorteio para um prêmio secreto! Meu palpite é que deve ser um novelo de lã ;)

#kal #trico #tejido #kalwashedout